Por vazar dados, caso “banco Inter” chega ao final com multa de R$ 1,5 milhão


Um caso no MPDFT (Ministério Público do Distrito Federal e Territórios), estava rendendo desde maio desse ano chegando ao fim ontem, 19/12. O banco Inter foi comprometido em um vazamento de quase 20 mil dados de seus utilizadores, que por fim acabou sendo multado no valor de 1,5 milhão.

O caso se tornou popular quando um hacker em maio deste ano, contatou o site Tecmundo afirmando ter posse de 40 GB de dados roubados dos clientes do banco Inter. Após o ocorrido a empresa havia sido informada e negou o caso, dizendo que não houve comprometimento em sua estrutura de segurança e tecnologia. Os clientes da empresa no entanto, quando ligavam eram informados que a notícia não se passava de enganosa.

• Estes são os smartphones mais procurados antes do Natal

• Agora o WhatsApp só permite encaminhar mensagens para 5 contatos


O caso parou no MPDFT que em agosto chegou a conclusão de que houve realmente um vazamento de dados na estrutura do banco, então abriu um processo contra a empresa no valor de R$ 10 milhões. Com tudo, agora o processo deve ser extinto no MP com apenas 1,5 milhão, 15% do respectivo valor apresentado.



Aproveite agora mesmo: Confira a mini-loja do Portal Winzow no Magazine você. São milhares de produtos em vários setores. Sua compra é 100% segura e realizada pelo Magazine Luíza. Clique Aqui