52,5 milhões de dados foram vazados no Plus e Google vai acelerar o encerramento


Foi confirmado recentemente pelo próprio Google um novo vazamento nas APIs que afetou mais uma vez a rede social Google+. A rede já era um projeto “abandonado” há algum tempo, mas agora ficou ainda pior após o surgimento de novas falhas.

Como informa o Google, o novo vazamento comprometeu 52 milhões de usuários e partiu de uma falha nas atualizações da plataforma. O bug foi descoberto nas APIs do plus em uma atualização de novembro para o aplicativo Android e iOS que após uma análise de rotina dos engenheiros, identificaram o problema após uma semana e o removeram. A falha permitia que aplicativos terceiros utilizassem informações como nome, foto de perfil, endereço de e-mail, ocupação, idade e outros diversos mesmo estando marcados como privados.

Em outubro algo semelhante havia acontecido, um vazamento menor foi descoberto onde mais de 500 mil dados de usuários teriam sido afetados. Após o vazamento a empresa fez um comunicado admitindo a falha e destacou que estavam conscientes da situação, mas pelo fato dos engenheiros não terem conseguido resolver os contantes problemas da rede, a melhor solução seria descontinuar o serviço para o público final.

• Imagens vazadas revelam mais detalhes do Galaxy S10 Plus; veja


• Edge tem baixos índices de uso e pode deixar de existir no Windows 10

Encerramento foi adiantado

Com a descoberta da nova falha o Google achou um motivo para adiantar o fim do Google+. Agora a rede terá seu fim acelerado de agosto para abril do ano que vem. Como informa este tópico, os usuários que possuem conta na rede já podem baixar suas informações desde já. O motivo principal que levou a gigante a extinguir o plus em 2019 foi a baixa audiência, onde quase 90% das sessões eram encerradas com menos de 5 segundos. Segue a nota:

“Decidimos acelerar a desativação do Google+ do consumidor, antecipando-o de agosto de 2019 a abril de 2019. Queremos oferecer aos usuários uma ampla oportunidade de fazer a transição do Google+ do consumidor e, nos próximos meses, continuaremos a fornecer informações adicionais aos usuários. incluindo maneiras de baixar e migrar seus dados com segurança e segurança.”



Descontos imperdíveis para o início do ano: Confira a mini-loja do Portal Winzow no Magazine você. São milhares de produtos em vários setores. Sua compra é 100% segura e realizada pelo Magazine Luíza. Clique Aqui